10 de mar de 2016

Lucas Eduardo Gaspar

Desde 2013, quando tive conhecimento do projeto, já me interessei pela sua proposta! Diferente de projetos que tratam somente da lida com fontes e/ou cursos que “contam a História” de determinados períodos ou eventos, a proposta do projeto “Em Evidências” parece ter dado um passo à frente. Logo no primeiro ano de projeto, quando estava no terceiro ano da graduação, tive a oportunidade de apresentar e discutir uma das minhas fontes de pesquisa. Me lembro que tal atividade não me proporcionou apenas lições valiosas sobre a lida com as evidências e a construção do conhecimento Histórico, foi também espaço de discussão,  em que pude expressar todas as minhas dificuldades e incertezas. Creio que as diferentes temáticas, dinâmicas, atividades e materiais diferenciados além da possibilidade de discussões, são alguns dos elementos que tornam o projeto “Em Evidências” um espaço essencial para o aprofundamento das análises e do ofício do Historiador.

Lucas Eduardo Gaspar
Mestrado PPGH/UNIOESTE

Fevereiro 2016

O que pensa sobre a utilização de fontes no ensino de história?

Como veem a relação ensino e pesquisa na formação do historiador?

Top Evidências